60º ANIVERSÁRIO DO CITROËN AMI 6

download-pdf
download-image
download-all
  • Em 24 de abril de 1961, a Citroën apresentava à imprensa o AMI 6, que seria produzido em sua nova fábrica de Rennes (França). Embora tenha sido lançado inicialmente na versão sedã, foi o modelo station wagon que mais fez sucesso, com 550.000 vendas de um total de um milhão de exemplares do Ami 6 produzidos até 1971.
  • O modelo foi lançado pela Citroën para completar sua gama, composta pelos 2 CV, D’ID e DS.  O designer do AMI 6, que já havia projetado o Traction Avant, o considerava sua obra-prima!
  • Com seu inesquecível vidro traseiro invertido e sua silhueta conhecida como ‘Linha Z’, o veículo marcou a década de 60. 


”Este modelo não pretende, de maneira alguma, substituir o 2 CV, do qual difere totalmente (…)”, o comunicado de imprensa da Citroën em 1961 talvez tenha causado tanto espanto, naquela ocasião, quanto a forma do Ami 6 ! Mas o “grande carrinho”, com suas dimensões compactas e um amplo espaço interno, iria conquistar o mercado com sua silhueta única. Mais de um milhão de exemplares seriam produzidos, sendo mais da metade na versão station wagon, lançada em 1964.

 

CITROËN AMI 6, UM VISUAL ÚNICO COM UM TETO EM Z

Depois de desenhar, com a equipe do estúdio de design da Citroën, modelos como o Traction Avant, o 2 CV e o DS, Flaminio Bertoni foi encarregado de projetar um carro de gama intermediária, batizado de Projeto AM. O resultado foi o Ami 6, sua obra-prima, segundo o que ele mesmo disse a amigos próximos. Foi a primeira vez que o designer teve carta branca para se expressar livremente, sem a intervenção de ninguém, para criar o estilo do carro. Ele cometeu a audácia de dotar o Ami 6 de um vidro traseiro invertido, que se mantém limpo quando chove e permite acomodar um porta-malas espaçoso com abertura convencional e preservar a habitabilidade dos lugares traseiros, e tudo isso com dimensões compactas.

 

O motor bicilíndrico de 602 cm3 é uma extrapolação do motor do 2 CV. As linhas trabalhadas da face dianteira, incrustada com amplos faróis retangulares (inéditos na época), juntamente com um capô afundado no centro, um teto estilo pagode e laterais sublinhadas por vincos estampados, conferem ao Ami 6 uma forte personalidade, um “estilo barroco”, segundo alguns observadores! Mas o Ami 6 não se contenta em ousar apenas no plano estético. Ele também inova em matéria de marketing, com material publicitário que o apresenta como “o segundo carro ideal para sua esposa”.

 

O interior do Ami 6 inspirava-se diretamente no do DS, uma referência no quesito. O volante de raio único, as maçanetas das portas, os comandos, até os bancos, tudo remete aos modelos topo de linha da Citroën. No que diz respeito ao comportamento na estrada, a aderência ao solo e a maciez do sedã são unanimidade, e segue a mesma linhagem das famosas suspensões do 2 CV. Desde o nascimento, em conformidade com o espírito da Citroën, o Ami 6 é um carro original e inovador. Os fãs incondicionais do modelo têm simpatia especial pelas versões Club, com quatro faróis e embelezadores laterais brancos, comercializadas a partir de setembro de 1967. O slogan publicitário mais emblemático do Ami 6 é “o quilômetro-conforto mais barato do mundo”.

 

O AMI 6 STATION WAGON, A QUINTA PORTA DO SUCESSO

A reviravolta acontece no final de 1964, com a chegada de uma pequena station wagon (320 kg de carga útil) desenhada por Henri Dargent (assistente de Flaminio Bertoni) e Robert Opron - sucessor de Bertoni, falecido em 1964). Uma station wagon que impulsionaria as vendas e suplantaria o sedã. Fato extremamente raro na história automotiva. Com uma linha mais consensual, a versão também oferecia volume de carga importante para um carro de passeio dessa categoria, e acesso fácil e prático. Versátil, além de ser ideal para viagens familiares confortáveis, ele também atendia profissionais como caixeiros-viajantes ou artesãos. O Ami 6 se impunha como o carro preferido dos franceses em 1966.

 

O sedã saiu de linha em março de 1969, seis meses antes da station wagon, para dar lugar ao novo Ami 8, mais convencional e dotado de vidro traseiro tradicional. O modelo, por sua vez, seria substituído pelo Visa em 1978.

 

CITROËN AMI 6, VOCÊ SABIA?

  • O nome Ami 6 é uma associação fonética derivada do nome do projeto (veículo AM), da palavra miss (“senhorita”, em inglês) e da palavra amici (“amigos”, em italiano), provavelmente inspirado por seu projetista, o italiano Flaminio Bertoni;
  • Yvonne de Gaulle, a esposa do General de Gaulle, tinha um Ami 6.  O general inaugurou a fábrica da Citroën de Rennes-La-Janais quando ela ainda estava em construção em 10 de setembro de 1960, pouco mais de um ano antes do início da produção;
  • Uma expedição batizada de Le Tour de Gaule d'Amisix foi organizada pela Citroën, partindo de Rennes-La-Janais em 19 de janeiro de 1966, com dois Ami 6 station wagon de série para demonstrar a resistência e as qualidades do modelo na estrada. Na chegada, 23 horas e 11 minutos depois e sob a supervisão de um oficial de justiça, a equipe havia percorrido 2.077 km a uma velocidade média de 89,6 km/h;
  • Em junho de 1963, o Ami 6 foi apresentado nos Estados Unidos. O modelo de exportação tinha quatro faróis redondos e para-choque reforçado;
  • Locais de produção: Paris (França), de 1961 a 1963, Rennes-La-Janais (França), de 1961 a 1969. Com o Ami 6, a Citroën inaugurou sua fábrica na Bretanha, marcando a primeira grande descentralização da marca a partir de Paris. Forest (Bélgica), de 1961 a 1969. Catila (Argentina): a produção do e Ami 6 station wagon continua até 1971 (carros expedidos em unidades desmontadas para serem montados localmente);
  • 1.039.384 exemplares do Ami 6 foram produzidos no total: 483.986 sedãs (abril de 1961 a março de 1969), 551.880 station wagon (outubro de 1964 a setembro de 1969), 3.518 Entreprise (perua utilitária de dois lugares, versões com vidro ou chaparia);
  • Nos últimos modelos do Ami 6, a intensidade luminosa dos mostradores podia ser regulada com um botão que comanda um reostato;
  • Atualmente, um modelo Ami 6 em bom estado é avaliado a partir de 5000 €;
  • Ele também existe na forma de miniatura 1/43e (37€) vendida na loja Lifestyle Citroën na versão Ami 6 Sedã 1967 Cinza Typhon.

 

Ficha técnica:

Ami 6 sedã 1961: Motor Tipo M 4, Cilindrada: 602 cm3, Diâmetro: 74 mm, Curso 70 mm, Cavalo fiscal: 3 CV, Potência real: 22 cv a 4 500 rpm. Carburador: Solex corpo simples 30 PBI até novembro de 1961, em seguida 30 PICS.  Tanque de combustível de 25 litros.

Dimensões gerais e peso:  Comprimento: 3,87 mm; Largura: 1,524 mm; Distância entre-eixos: 2,4 m; Peso vazio: 640 kg

Ami 6 station wagon 1964: Motor Tipo M 4, Cilindrada: 602 cm3, Diâmetro: 74 mm, Curso 70 mm, Cavalo fiscal: 3 CV, Potência desenvolvida: 25,5 cv a 4 750 rpm. Carburador: Solex corpo simples 40 PICS e 40 PCIS (embreagem centrífuga) até abril de 1964, em seguida 40 PICS-2 e 40 PCIS-2 (embreagem centrífuga). Tanque de combustível de 25 litros.

Dimensões gerais e peso: Comprimento: 3,958 mm; Largura: 1,524 mm; Distância entre-eixos: 2,4 m; Peso vazio: 690 kg

Preços de lançamento:

Sedã 1961: 6.550 Francos (+267 francos suplementares para o rádio, disponível a partir de janeiro de 1962). No mesmo ano, o 2 CV AZLP 425 cm3 (embreagem centrífuga): 4.950 francos, ID 19 sedã normal: 9.970 francos. Station Wagon 4 Lugares Passeio 1964: 7.140 Francos.

Principais evoluções:

1962: vidros traseiros deslizantes (apenas uma metade).

Outubro de 1964 Carroceria tipo station wagon. Novas lanternas traseiras do tipo ogiva.

Outubro de 1967: Acabamento Club com faróis redondos duplos e embelezadores laterais brancos. Acabamento superior.

Maio de 1968: Lanternas traseiras monobloco multifunções. Vidros dianteiros com deslizamento duplo.

 

Para completar:

  • Imagem do Comunicado de Imprensa original do lançamento do Ami 6 em 1961: em anexo
  • Citroën Origins, o museu virtual da Marca, propõe uma experiência imersiva em 3D (interior/exterior) e sonora  a bordo do Ami 6 e de 80 outros modelos icônicos da Citroën: www.citroenorigins.com

 

A marca Citroën

A Citroën é uma marca de destaque no mercado automobilístico mundial, e desde 1919 construiu sua popularidade e prestígio ao sempre buscar inspiração, principalmente, nas pessoas e em seus estilos de vida. A marca incorpora um espírito enfatizado por seu slogan ’Inspired by you’, em livre tradução ‘Inspirada em você’, e materializado por carros que combinam um design único com conforto reconhecido. Entre os fabricantes generalistas, a Citroën também se distingue pela experiência única que oferece aos seus clientes. Em 2019, a empresa vendeu quase 1 milhão de veículos em mais de 90 países. Sala de imprensa Citroën: https://br-media.citroen.com

 

CITROËN DO BRASIL | RELAÇÕES PÚBLICAS E IMPRENSA

 

Marcus BRIER – Tel.: +55 11 2536-3391  +55 11 99624-6879 +55 11 99624-6879 – marcus.brier@stellantis.com

Giselli CARDOSO – Tel.: +55 11 2536-3269 – giselli.cardoso@stellantis.com

Adelson JÚNIOR – Tel.: +55 11 99853-0729 – adelson@braincomunicacao.com.br

 

Scroll